A MORINGA

A Moringa oleifera pertence à família Moringaceae, composta apenas por um género (Moringa) e 14 espécies conhecidas, é uma planta originária da Índia, crescendo principalmente em áreas semiáridas tropicais e subtropicais. Prefere solos secos e arenosos e tolera solos pobres.
Presentemente o seu cultivo está disseminado por África, América Central, América do Sul, Sri Lanka, Índia, México, Malásia e Filipinas.

 

BENEFÍCIOS

Os benefícios da Moringa oleifera derivam da alta concentração de nutrientes bio disponíveis; contém altos níveis de vitamina A (betacaroteno), vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (Niacina), vitamina B6 (piridoxina), vitamina B7 (biotina), vitamina C (ácido ascórbico), vitamina D (colecalciferol) e vitamina E (tocoferol).

Antioxidantes
Vitamina A, vitamina C, vitamina E, vitamina B (colina), vitamina B1 (tiamina), vitamina B2 (riboflavina), vitamina B3 (Niacina), vitamina B6, alanina, alfa-caroteno, arginina, betacaroteno, Beta-sitosterol, ácido cafeoilquínico, Campesterol, carotenóides, clorofila, cromo, Delta-5-Avenasterol, Delta-7-Avenasterol, glutamina, histidina, indol acético, Indoleacetonitrile, Kaempferal, leucina, luteína, metionina, ácido mirístico, ácido palmítico, prolamina, prolina, quercetina, rutina, selénio, treonina, triptofano, Xanthins, Xanthophyll, Zeatina, zeaxantina, zinco
Anti-inflamatórios
Vitamina A, vitamina B1 (tiamina), vitamina C, vitamina E, arginina, Beta-sitosterol, ácido cafeoilquínico, cálcio, clorofila, cobre, cistina, Omega 3, Omega 6, Omega 9, fibra, glutamina, histidina, indol acético, Indoleacetonitrile, isoleucina, Kaempferal, leucina, magnésio, ácido oleico, fenilalanina, potássio, quercetina, rutina, selénio, estigmasterol, enxofre, triptofano, tirosina, Zeatina, zinco.
Aminoácidos
Alanina, arginina, ácido aspártico, cistina, ácido glutâmico de glutamina, glicina, histidina, Iso leucina, leucina, lisina, metionina, fenilalanina, prolina, serina, treonina, triptofano, tirosina, valina.

Descrição de aminoácidos essenciais encontrados na Moringa.

Isoleucina - estabiliza os níveis de açúcar no sangue. Uma deficiência em isoleucina pode levar a níveis de açúcar no sangue e falta de energia. Contribuem também para (quando combinado com leucina e valina) reparar o tecido muscular e músculo bem como aumentar a energia e resistência.

Leucina - reduz os níveis elevados de açúcar no sangue, induz a produção de hormonas do crescimento.

Valina - mantém o metabolismo dos músculos, repara o tecido e mantém um equilíbrio adequado de nitrogénio no corpo. Ela também funciona como uma fonte de grande energia para o corpo inteiro.

Lisina - contribui para a produção de anticorpos, enzimas, hormonas e colagénio, também auxilia a assimilação de cálcio no organismo e desempenha um papel importante na construção de proteínas nos músculos e ossos.

Metionina e cistina - O corpo facilmente converte um para o outro dependendo das necessidades de corpos. Metionina é a fonte principal de enxofre no corpo. O enxofre é utilizado pelo organismo para o crescimento da pele, cabelo e unhas. Enxofre ajuda a produção de lecitina no fígado que reduz o colesterol e fígado gordo.

Triptofano - ajuda o corpo a fabricar vitamina B3, o corpo precisa de vitamina B3 para manter os níveis de serotonina e melatonina. Serotonina e melatonina são vitais para a função saudável do cérebro, serotonina atua como um agente calmante e ajuda o controle de humor e apetite. A melatonina é importante para uma boa noite de sono.

Fenilalanina - auxilia o sistema nervoso e da memória. Ela também está sendo usada para tratar a artrite reumatóide e osteoporose. Ela também ajuda a reduzir a dor e inflamação.

Treonina - auxilia o sistema cardiovascular do corpo, fígado, sistema nervoso central e sistema imunológico. Também ajuda a pele, o colagénio, tecido muscular, ossos e dentes de esmalte.

Histidina - é liberada na corrente sanguínea durante uma reacção alérgica. Ela é necessária para a fabricação de glóbulos vermelhos e brancos. Ela também ajuda a reparar o tecido e mantém as bainhas de mielina que protegem os nervos.
  • Histidina protege o corpo da radiação e a remoção de metais pesados do organismo.
  • Histidina também aumenta o fluxo sanguíneo para os órgãos sexuais.
Outros nutrientes
Selénio, Superóxido Dismutase, Xanthins, Xanthophyll, zinco, luteína, Neoxanthin, violaxantina, fibra, flavonóides, ácido fólico (ácido fólico), iodo, ferro, molibdénio, fósforo, ácido araquídico, ácido beénico, ácido Gadoleic, ácido lignocérico, ácido mirístico, ácido palmítico, Palrnitoleic ácido esteárico ácido,- (Alfa-L-Rhamnosyloxy) 4-Benzylglucosinolate, 4- (alfa -L-Rhamnosyloxy), Senzylisothiocyanate; Niazinin A, Niazinin B, Niaziminins A B, Niazimicin, 28-Isoavenasterol, Brassicasterol, Campestanol, Campesterol, colesterol, Clerosterol, Delta-5-Avenasterol, Delta-7, 14-estigmastanol, Delta-7-Avenasterol, Ergostadienol.
 

SEMENTES

As sementes da Moringa são retiradas da vagem e contêm um pequeno grão. A semente contém 30-40% de gorduras, maioritariamente gorduras saudáveis. Desta parte da planta é retirado o óleo, considerado um dos óleos vegetais mais balanceados a nível de gorduras e um dos mais ricos que a natureza oferece. As sementes podem ser consumidas assadas ou cruas em saladas.

FOLHA

Têm alto valor nutricional e são utilizadas como multivitamínico, poderoso anti-inflamatório e antioxidante natural. As folhas são retiradas da árvore e podem ser utilizadas na cozinha da mesma forma que muitos outros vegetais. Uma vantagem é que podem ser colhidas durante períodos de seca, quando nenhum outro vegetal é encontrado. Após secagem pode ser utilizada em infusões.

 

FLOR

A delicada flor branca de Moringa também é edível e tem alto valor medicinal. Além da utilização para motivos de decoração é um afrodisíaco natural, podendo ser fervida em água e consumida como infusão, bebida fria, em saladas ou mesmo para decoração em pratos gourmet.

VAGEM

Considerada o fruto de Moringa, a vagem pode ser consumida crua quando jovem ou cozinhada como qualquer outro legume. No seu estado mais maturo tem um sabor semelhante ao espargo fresco e pode substituir outros vegetais em receitas.

 

CASCA

A casca do caule é utilizada para curar doenças dos olhos e para o tratamento de pacientes com delírios, prevenir formação de gânglios linfáticos no pescoço em pacientes com tuberculose. Da casca é também extraída a fibra e utilizada em artesanato.

RAIZ

A Moringa pode plantar-se em canteiros, como uma hortaliça, e quando a planta atinge cerca de 30 centímetros, arranca-se o pé e extrai-se a raíz para consumo alimentar. A seiva e a raíz, têm todas as vitaminas da planta em grandes concentração, podendo ser comidas em saladas e refogados.

ARTIGOS CIENTÍFICOS

 

 

 

 

world.png

 

 

bag.png
(0)